segunda-feira, 29 de abril de 2013

O DIA QUE O ETERNO GRANADEIRO CHOROU


Desde crianças, aprendemos a desenhar e pintar o símbolo máximo de nossa nação, e o principal “Amar e Respeitar“ a “Bandeira do Brasil“ que é motivo de orgulho de nosso Pais.

Quando pequenos, nossa mente de “Soldados Cabeça de Papel“ nos fazem viajar em nosso “Primeiro Ato de Heroísmo“ mesmo com o “Quartel pegando fogo” conseguimos “Acudir a Bandeira Nacional” e “Marchando Direito” conduzi-la ao enorme mastro da escola, onde ela tremula majestosamente


Aos poucos vamos crescendo e através dos esportes, conhecemos e admiramos novos e “Eternos Ídolos” que carregam e ostentam nossa Bandeira pelos pódios e mastros do mundo inteiro, com “Glorias, Vitórias e Títulos“ que nos fazem lavar a alma.

Logo chega a maioridade e o “Alistamento Militar”e o sonho do menino vira realidade, ou mais que isso, entre milhares de jovens dispensados, você descobre que foi escolhido a dedo para servir  a Pátria no BGP, com data e hora marcada para embarcar para Brasilia. 


Após longa viajem, chegamos a Brasília, pra ser mais exato ao BGP, a recepção não foi tão amigável como esperávamos, mais aos poucos vamos superando obstáculos e incorporando o espírito de infante, que nossa unidade militar representa, o “Amor e Respeito” aumentam após o juramento da Bandeira, pois prometemos dedicar-se inteiramente ao serviço da Pátria, defendendo a honra e a integridade de suas instituições com o sacrifício da própria vida.

Logo após alguns meses, nos tornamos “Sentinelas Imortais” descobrimos que o BGP não era apenas uma sigla e sim a melhor tropa de elite do Exército Brasileiro chamada de  “Batalhão da Guarda Presidencial” com muitas “Tradições e Glórias” sobre seu “Uniforme Histórico”, desde o tempo do “Brasil Imperial”  a verdadeira menina dos olhos do Comando Militar do Planalto.


A CIA Cerimonial onde servi no B.G.P se destaca-se no contexto do cerimonial militar,na realização de Guardas de Honra para chefes de Estado de nações amigas, Embaixadores destas nações por ocasião da entrega de cartas credenciais ao Presidente da República e para autoridades militares estrangeiras. Realiza, ainda, apresentações de Ordem Unida dos Granadeiros para diversas delegações, e também realiza a escolta de dignitários através do seu Pelotão de Escolta Presidencial, e além desta, realiza ainda, a segurança dos palácios presidenciais na capital federal e fica em condições de realizar operações de garantia da lei e da ordem


Quando menos se espera, chega a tão sonhada baixa, sentimento de dever cumprido, junto a nossa Pátria,  voltamos a vida civil, muitas das amizades do tempo de caserna, se perdem no tempo, assim como planos e sonhos idealizados no setor profissional que não decolam como o desejado. E aqui começa minha História , “O Dia que o Eterno Granadeiro chorou” após ser multado por colocar a “Bandeira do Brasil” em plena Copa do Mundo 2010 em sua guarita.

Abertura da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul, as ruas de Curitiba, transbordam alegria e patriotismo em verde e amarelo, a próxima Copa será no Brasil, e nossa cidade é candidata a sub- sede, literalmente  “ A Pátria e Curitiba de chuteiras no  pés”.      

  Como todo cidadão que gosta de futebol, ainda mais quando se trata da seleção do nosso Pais em uma Copa do Mundo, peguei minha bandeirinha e colei na guarita com o maior orgulho, quando para minha surpresa o fiscal da URBS , ( Urbs , empresa que gerencia o tranporte publico em Curitiba ) chegou até minha pessoa e disse ; ( tira essa coisa daí ) é contra o regulamento.


Após retirar , engoli o choro , pois não acreditava no que tinha escutado , ( tira essa coisa daí ) fiquei triste, me senti humilhado, eu que servi a Pátria na melhor unidade do E.B, que todo dia batia continência ou apresentava armas em respeito a Bandeira do Brasil, proibido de demonstrar meus sentimentos como simples cidadão brasileiro no meu local de trabalho.

Aos poucos fui sentindo um mixto de raiva e indignação, e o “Espírito de Granadeiro” tomou conta do meu ser, fui até a loja mais próxima e comprei com meus últimos trocados uma bandeira maior, e coloquei na minha guarita, e fiquei na espera do dito fiscal pra ver o que ele falaria, o mesmo só ficou de longe espiando.  







Logo após o ocorrido, fui chamado na empresa que trabalho, "Auto Viação Redentor" pioneira do transporte público de Curitiba, uma semana depois para assinar uma multa de 5 km , o equivalente a R$ 23,84 a qual assinei o vale para ser descontado no meu salário, pois o mesmo fiscal que me multou carregou o relatório contra mim, os próprios colegas da empresa, inclusive os meus superiores, em especial o Sr Claudio Mariano" um "Eterno Granadeiro BGP"  da década de 80, gerente de operações da empresa, ajudaram eu fazer minha defesa, e o valor não foi descontado após muitas risadas e discussões, mas a multa continua na minha ficha funcional até hoje.








Até  hoje, quando algum passageiro passa com a bandeira do Brasil tremulando pelo terminal do Portão, meus amigos lembram, e aos risos brincam, cuidado com o fiscal “Psicopata da Caneta” aqui é proibido a “Bandeira Nacional”


Sobre a bandeira da multa, está guardada com muito amor e carinho e o total  respeito que ela merece, pois quando for chamado para “O Batalhão Lá de Cima’ quero que a mesma me acompanhe no caixão, pois Granadeiros são Eternos e quero com a ajuda dos anjos hasteá-la no mastro celeste acima das nuvens e gritar ao mundo inteiro que amo meu “BRASIL” e respeito sua “BANDEIRA”.
TERMINO MINHA MATÉRIA AOS PRANTOS , CHORANDO, ASSIM COMO DIZ UM GRANDE COLEGA DO BS, TUDO HOJE NOS EMOCIONA E VIRAMOS UNS BEBÊS CHORÕES, DESCULPEM SE VIROU UM DESABAFO , MAIS ESTAVA ENROSCADA NA GARGANTA ESSA "MULTA DA BANDEIRA" E LOGO ABAIXO FAÇO DAS PALAVRAS DO MEU ULTIMO HEROI , HOMEM SÁBIO E DE PALAVRAS CURTAS, MAIS SEMPRE VERDADEIRAS, VETERANO DE GUERRA , SAUDOSO GENERAL ITALO CONTI QUE TIVE OPURTUNIDADE DE CONHECER E CONVERSAR ALGUMAS VEZES, QUANDO ELE ERA REGIONAL PORTÃOE  DESABAFAR SOBRE A MULTA.

PALAVRAS DE GENERAL, SE FOSSE NA ÉPOCA QUE ESTÁVAMOS NO PODER, ESSE SUJEITO  SAÍRIA  ALGEMADO DIRETO PRA CADEIA, POR DESRESPEITAR O SIMBOLO MÁXIMO DA NOSSA NAÇÃO.
>

17 comentários:

Anônimo disse...

NOVA CCS/BS-XEREM - Rendo minhas mais sinceras e elogiosas homenagens a esta matéria.Seria uma redundância ficar desfiando elogios ao conteudo do texto. Do inicio ao fim, bem alinhavadas, as palavras contaram toda a emoção de chegar à idade de se ser à Pátria, ao Exército e ao BGP. E com fotos do interior , depois um devaneio patriótico onde até um tonto Caxias invisivel se fez presente, tal o despropósito de sua ação punitiva. Daí, a facilidade de expressão e redação do Peruscello esculhambou com a cretinice do mesmo. Valeu ! Que venha mais. Estou/amos à espera delas.

Granadeiro C.Gomês disse...

caramba fiquei emocionado!
Gostei de ver que não sou só eu que penso assim
Obrigado Granadeiro!

Anônimo disse...

NOVA CCS/BS-XEREM - Aliás, quero também agradecer ao colunista desta página pelo empenho em não "judiar" dos granadeiros do BS, que já andam , a anos, na casa do 60 e lá vai pedrada.Então, ele aumentou o tamanho das letras, aplicou o recurso do Negrito e daí, ficou mais fácil a leitura e comprensão. Você um dia também vai ficar véio, PERUSCELLO. Dê hoje o que você vai necessitar amanhã. Um abraço do Xerem.

CARLOS PERUSCELLO disse...

Obrigado Xerem, C.Gomês e leitores do BLOG BS, desculpem por ter misturado a atual vida civil de um Veterano Granadeiro,com os tempos inesquecivéis do BGP,mais aposto que sou o unico Brasileiro a ser multado por "AMAR E RESPEITAR" a bandeira do "BRASIL",logo postarei a copia da multa e do vale no Blog BS, até o momento não consegui resgata-la.Obrigado.

Granadeiro C.Gomês disse...

Peruscello, não tem que se desculpar de nada, esta coluna é sua e você narrou algo que fez e quem muitos dos granadeiros não tem coragem de fazer. Aqui em casa quando toca o Hino para a partida de futebol eu me ponho em posição de sentido! parabéns!

Anônimo disse...

Talvez não seja apropriado para o tema do PERUSCELLO, mas recebi, do GOSUEN, um trecho de autoria de MAX GERINGER que falou forte. Vou colar.
PK
oOo
Fui convocado para o serviço militar. Se eu vier a servir neste ano atrapalhará minha carreira?

Resposta de Max Gehringer, comentarista da Rádio CBN, Administrador de Empresas, escritor e autor de diversos livros sobre carreiras e Gestão Empresarial, para ouvinte da rádio:

Atualmente, pelo que sei, prestar serviço militar depende mais da vontade do jovem, porque os convocados são em número muito maior que as vagas. Logo, a escolha provavelmente será sua.

Pensando no curto prazo, você deslancharia mais em sua carreira sendo estagiário do que recruta.

Porém, se experiência pessoal conta, foi servindo que eu absorvi dois conceitos vitais para minha vida profissional: disciplina e hierarquia. Não perdi nem a rebeldia nem a ironia, mas aprendi a usá-las na hora certa e na dose certa. Em retrospecto, o ano que passei no Exército foi mais útil para minha carreira do que a pós-graduação.

CARLOS PERUSCELLO disse...

Como dizia meu velho e saudoso paizinho,até um cachorro se maltrata-lo e atenta-lo demais ele morde,após intensas perseguições do fiscal "Psicopata da Caneta",ja havia me aplicado 3 multas,creio que tinha virado pessoal e não mais profissional então o coração e emoção falaramm mais alto que razão, hierarquia e disciplina, pois la no E.B mesmo com suas regras e regulamentos, o superior e subordinado tinham respeito mutuos um com outros quando as opiniões se diferem,meu Capitão Marcelo da CRMN 1990, tinha a famosa hora do pato, na sua sala, granadeiro sozinho com o Comandante da CIA ,toda quinta-feira, la olho no olho, vc via o que fez de errado e não era humilhado no meio de todos os colegas granadeiros,usei o termo "Psicopata da Caneta", não quis por seu nome ou apelido na matéria por respeito a ele e a Empresa que trabalho,ou quem sabe um futuro processo,pois a Auto Viação Redentor é subordinada a Urbs que gerencia o transporte publico de Curitiba.

CARLOS PERUSCELLO disse...

Quer ser Deus por um dia? Coloque um colete da Urbs Pegue uma plancheta e uma caneta E saia multando motoristas e cobradores Por qualquer motivo, vc vai se sentir o "Todo Poderoso" ! Ditado que rola na boca dos funcionarios do transporte publico de Curitiba.

Anônimo disse...

Peruscello, valeu, mas valeu mesmo, este relato emocionante de demonstração de responsabilidade e amor à nossa Pátria( sentimento este que, nos dias de hoje está ficando cada vez mais distante entre as novas gerações). As ilustrações sobre esta matéria estão ótimas. Como a arte imita a vida, com certeza os anjos do quadro fazendo festa ao nosso Pavilhão Nacional e as notas musicais emanadas da trombeta para alegria das crianças só me recordam da marcha batida que escutávamos com seriedade e com orgulho em ser brasileiro. Parabéns pelo texto.
Cunha,778 CPP 63

Anônimo disse...

NOVA CCS/BS-XEREM - Pois é, PEKOWAL, só da CPP/63, aqui, nesta página, 2:- você e o CUNHA. Daqui a pouco vem o ERTL, o GAMINO, o FONSECA, e os Cb RENÊ e CONTI. Este , inclusive, vai estar lá em Sertãozinho. Vou botar ele para por a turma em forma, inclusive com o Gen. Cardoso cumprindo um COBRIR! PELOTÃO, SENTIDO!!. Vai ser dia de Festa, porisso, tudo vai ser válido. E que venham mais depoimentos da CPP, da antiga CCS, da 1a., COMPANHIA DOS VIOLEIROS, da 2a.Cia = ARROZ DOCE (por que todo mundo gosta de comer)- 3a. os caipiras de PIRACICABA e vizinhanças - 4a. PÓ DE ARROZ - Eram codinomes aplicados às Companhias levando em conta apenas alguns dos seus componentes. Acho que só a CCS,em 64, taxada de CADEIEROS-MAUS ELEMENTOS-CACHACEIROS, pela imensa maioria de seus soldados e seus vicios. "..nunca tantos mereceram tão escabrosos adjetivos...".Vamos ver se os mesmos se dignem a vir aqui confessar ou contestar.Eu , já fiz a minha parte. Aqui e em outras páginas. 4a.CIA, tinha um certo CORNETEIRO DISTRAÍDO , que atendia pelo nome de ANTONIO FERNANDO ROSA = Um outro Corneteiro, com o apelido de 6a.FEIRA - um outro corneteiro que atendia por INDIO mas cujo nome era VICENTE DE PAULA LEMES MUNIZ. Primeira (1a.) Companhia tinha violeiros, sanfoneiros. Todo fim de tarde, os músicos, que não gostavam de sair e gastar o dinheirinho do salário e da dobradinha, fechavam o pau cantando as músicas que faziam sucessos nos programas da madrugada.Ainda mais em Goiás, onde , já naquele tempo, dupla sertaneja dava em árvores.(Hoje em dia , eles dão embaixo delas)Voltando ao assunto, era um tal de ouvir sucessos de Tonico & Tinoco, Palmeira & Biá, Zé do Rancho & Zé do Pinho, Pedro Bento & Zé da Estrada. Então, já podem imaginar as belas obras do nosso cancioneiro sertanejo que rolava na pérgola da 1a.Cia , no jardim defronte à Cia e entre a 1a. e a 2a.Cia. Hoje , recordo, estando só, as aventuras de outrora, que se resumem , em lembranças agora....!!!UM abraço. Xerem. -01/MARÇO/13- 23:44H

Anônimo disse...

NOVA CCS-BS-XEREM - PELOTÃO DO XEREM - PESSOAL DE TODAS AS COMPANHIAS, CASO TENHAM EM SUAS CASAS, GUARDADAS EM CAIXINHAS E PASTAS, GUARDADAS PRIMEIRAMENTE PELA MÃE E , DEPOIS PELA NAMORADA E ATUAL ESPOSA, ALGUMAS FOTOS, NÃO IMPORTAM QUE SEJAM EM PRETO & BRANCO, PEQUENAS OU MÉDIAS, MEIO TRINCADAS, MANDEM AO PERUSCHELLO OU AO BORGES PARA QUE VIREM HISTÓRIAS E MATÉRIAS. SÓ TEREMOS A GANHAR RECORDANDO OS BONS TEMPOS EM QUE SENTAR NA BONECA ERA APENAS UM ATAQUE A UM INOCENTE BRINQUEDO. UM ABRAÇO A TODOS. XEREM

SD Borges disse...

meu amigo Peruscello 2020 CRMN,assim como vc eu também estou chorando,fico triste em saber que no nosso País ainda tem muitos destes tipos,acho que como falou o GENERAL Italo tinha que sair preso,fico triste quando vejo um amigo dizer que vai fazer um concurso pra entrar em alguma força de segurança( policia militar ou civil,bombeiro ou guarda minicipal) por causa do salario.um guerreiro ele tem que ter em seu sangue a vontade de se fardar.Por essas e outras defendo que a pessoa para usar uma farda tem que gostar,Fico triste tbm quando vejo amigos do BS com vergonha de prestar uma continencia a bandeira e ficar em posição de sentido em alguma solenidade no BGP,pois te digo sempre comprimento meus amigos de BS ou de BGP com a continencia e sempre tomo minha posição de sentido em todas as solenidades essas atitudes são simplesmente uma maneira de demostrar respeito pelos simbolos nacionais e pelos meu amigos pois a continencia nada mais é que a saudação do militar,e querendo ou não somos é sempre vamos ser militares só que na situação de reserva não remunerada claro.
Fico feliz por saber que temos pessoas tão maravilhosas no BS como você,seu texto e expetacular tenho certeza que vc fez seu desabafo e que muitos gostariam de ter feito mais por ventura não saberiam se expressar tão bem como vc fez.Parabéns GRANADEIRO.


SD Borges 2654
5ª Cia 2º Pel 1993
BS/BGP

Bertolazzi disse...

Eterno Granadeiro Peruscello, já lhe parabenizei por esta postagem no Facebook e cumprindo o prometido, estou parabenizando-o através deste nosso Blog.

São de pessoas com esse espírito patriótico como o seu que a nossa pátria precisa, aquela mesmo pátria que nós aprendemos a amar, respeitar e que prometemos defender com a própria vida se necessário, promessa que fizemos em nosso período de caserna e que iremos levar para todo o sempre.

Não se deixe desanimar com atitudes como a desse "Maníaco da Caneta", infelizmente isso só reflete o momento atual de nosso País, onde atitudes como a sua são reprovadas e até punidas enquanto "artistas" se enrolam em nossa bandeira, enxugam o suor em nossa bandeira, cospem em nossa bandeira e até mesmo baderneiros de ocasião promovem marchas e protestos, alguns até em defesa da liberalização de entorpecentes, ostentando nosso símbolo máximo enquanto entoam nosso Hino Nacional, aquele mesmo Hino que nós aprendemos a cantar de forma respeitosa...

Sua atitude me faz recordar de uma fábula em que a floresta estava pegando fogo e todos os animais fugiam desesperados enquanto um pequeno passarinho voava até o riacho e enchendo o bico de água, sobrevoava o fogo e despejava o líquido sobre as chamas, um dos animais, ao ver sua atitude, perguntou se ele achava que iria debelar o incêndio com aquela atitude, no que a pequena ave respondeu:
-- Posso até não apagar, mas estou fazendo a minha parte...

Acredite, você pode até não conseguir reacender a chama do patriotismo nas pessoas, mas está fazendo a sua parte, e não está sozinho nessa jornada, todos nós, companheiros de caserna, mesmo que em épocas distintas, estamos com você nesta batalha...

Abraços,
Bertolazzi
CRMN - 1989

Anônimo disse...

NOVA CCS/BS-XEREM - ATENÇÃO CLAQUE DO BS, APLAUSOS À MANIFESTAÇÃO DO BERTOLAZZI, O SOFRIDO TORCEDOR PALMEIRENSE DE PINHALZINHO.AQUILO QUE NÃO NOS MATA, NOS FORTALECE. SE ELE , O FAMIGERADO MANÍACO DA PRANCHETA OU DA CANETA, TIVESSE PASSADO BATIDO, VC NÃO TERIA ESSA PÉROLA PARA NOS CONTAR AGORA. ENTÃO, VAMOS AGRADECER A ESSE COITADO O DESLIZE .
MAIS UMA VEZ, APLAUSO AO OPORTUNO COMENTÁRIO DO PALMEIRENSE SOFREDOR. BERTOLAZZI, NÓS TE AMAMOS. XEREM.

Anônimo disse...

MEU CARO IRMÃO GRANADEIRO, CONFESSO QUE FIQUEI EMOCIONADO COM SUA HISTÓRIA, FIQUEI IMAGINANDO CADA CENA NARRADA (e um pouco mais) A AÇÃO DO FISCAL E A SUA REAÇÃO, ESTOU SEM PALAVRAS. PARABÉNS GOSTARIA DE SABER TRANSMITIR, EM PALAVRAS, COM TANTA PRECISÃO COMO VOCÊ, E OS MEUS AMIGOS CASTILHO, XEREM, KADU, BORGES CONSEGUEM.MUITO BOM MESMO.
NIVALDO LICIO.

Anônimo disse...

Também trabalhei na Auto Viação Aguá Verde e fui multado acho que pelo mesmo fiscal, que se acha o dono do terminal, minha multa foi porque sai assoviando e cantando ao descer do onibus em que eu era motorista, que pena que o Carlão não deu uns sopapos no mesmo, todos os trabalhadores do transporte coletivo de Curitiba sofrem com esses pilantras da URBS.

Anônimo disse...

NOVA CCS/BS=XEREM - E hoje, 3 de Maio, às 12:00h, mais ou menos, encerrou sua jornada neste Plano Terrestre.Desencarna mas deixa atrás de si uma extensa coleção de amigos, obras e saudades dos que o conheceram, na caserna ou na vida comum. Eu tive o prazer de conhece-lo. Leve de mim, então, a minha consideração e admiração pela sua grande capacidade de criar coisas lindas para motivar os leitores deste blog e do site do Julio Vale. Deles me valho para colher material fornecido pelo PERUSCELLO, agora no BS do Exército do Alto. Xerem-03/Maio/2013.